Google+ PENSAMENTOS LIBIDINOSOS: Desejo na escuridão...

Translate/Traduza

Desejo na escuridão...




Dentro da madrugada, sonâmbulo,
existindo entre dois mundos,
enquanto dormes,
o desejo invade o meu corpo,
as minhas mãos apertam os teus seios rígidos,
deslizam para o teu sexo quente e húmido...
Esfrego-me em ti na ânsia cega
de te penetrar de todas as formas...
Mordo os teus lábios
como quem ilumina a madrugada...
O prazer torna-se som,
frémito, loucura sem contornos...
A escuridão alimenta as fantasias
mais inconfessáveis...
Tudo acontece numa dimensão
onde a razão está entorpecida...
movimentos orgásmicos...
...o prazer sem retorno,
o ejacular espesso e lento
sincronizado do líquido da vida...



Barão de Campos

6 comentários:

Leite de Pedra disse...

Ser acordada assim, que benesse! Essa Senhora deve-lhe estar muito grata.

Nilza disse...

O entorpecimento da razão...eis o ápice limitrofe do fantasia & realidade.
É na escuridão da noite, que a eternidade e desejos cumpliciam-se, se prolongam... concretizam-se.

Adriana disse...

Boa semana, abraços.

mp-informatica disse...

Deveras muito lindo o teu poema irmão, continua a espalhar assim a beleza de que nos vai no coração e desta forma ganharas um presente divino de Deus.
Es uma pessoa espectacular e pelo que te conheço bem, deves ter tudo o que desejares na vida, pois pessoas como tu existem muito poucas no mundo...

Um abraço
Teu anjo da guarda!

Lou Salomé disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lou Salomé disse...

Ena, que poema tão quente! Está mesmo a pegar fogo...
Um beijinho para si, Barão, da
Lou

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails