Google+ PENSAMENTOS LIBIDINOSOS: Memória de um momento incerto...impossível, talvez...

Translate/Traduza

Memória de um momento incerto...impossível, talvez...










A beleza quase sólida do teu olhar incendeia-me todos os sentidos,
quando os meus lábios mordem os teus numa fúria doce e quente,
enquanto as línguas dançam num ritual de prazer alado,
e as mãos navegam pelo corpo em busca do calor quente e húmido,
tudo em nós é uma melodia em crescendo escrita na pauta do desejo
por um compositor que escreve o desejo em carne viva...

Delimitado pelo rendilhado das tuas meias pretas,
cada milímetro das tuas coxas brancas e abertas,
alimentam em mim o meu instinto mais selvagem,
onde a noção das proibições se perde na tonalidade rosácea
dos corpos que se movem dentro de si em ritmos que vibram...

Demoro a minha língua em cada lugar teu, num modo suave e lento,
respondes com gemidos que exalam o desejo em estado puro...
Mordes os lábios e a tua língua é o símbolo do desejo vermelho,
devagarinho, como um veleiro ao sulcar o oceano,
penetro-te na ânsia pura dos sentidos, enquanto ferves em mim...

Olho-te dentro do olhar, os teus olhos estão adormecidos no fogo
desta paixão sem nome, brilhantes e doces na forma como olham...
Selamos o prazer num beijo que não tem princípio nem fim,
um beijo ritmado na sintonia dos movimentos que os corpos procuram,
enquanto a noite nos envolve e os rostos se apagam...

Dentro da noite todos os sentidos se viram para o núcleo do desejo,
onde as sensações deixam de ter contornos e a respiração ofegante 
se mistura com os sons mais profundos a que o prazer sem rédeas obriga...
Dentro de ti a paisagem torna-se próxima da alucinação,
e, mesmo dentro da invisibilidade do teu rosto, a tua beleza é singular...

Sem aviso, a madrugada acabou de renascer e a lua ilumina-nos,
adormeceste no meu peito o cansaço de muitas vidas...
Ao luar, o teu rosto revela feições que desconhecia,
os lábios, mordidos e molhados, semi abertos procuram o beijo,
o tal beijo que tanto procurei naquele domingo à noite...


Carlos Barão de Campos

Paisagem Mulher

Algures...um desejo...

um sonho e um grande Amor...



Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails